+55 (31) 2555-1040

15 alternativas à mídia paga para distribuição de conteúdo e geração de Leads

Post 26 de setembro de 2018

Publicado em 26 de setembro de 2018



Explore outras formas de atração e conversão para o seu site, investindo mais na diversificação.

Para muitas empresas, o investimento em mídia paga é difícil de ser aprovado. Se você já passou por algo semelhante, saiba que isso é mais comum do que imagina.

Diariamente, ouço empresários, gerentes e analistas de marketing comentarem que já investiram muito dinheiro em links patrocinados e em anúncios nas redes sociais. Porém, reclamam que não têm um ROI satisfatório que justifique a continuidade no investimento.

Também é verdade que o grande volume de conteúdo na internet, somado com o baixo alcance orgânico das publicações, não tem ajudado muito nesse aspecto. Essa insatisfação pode ocorrer pela falta de planejamento e objetivo ao realizar a compra de mídia paga.

Geralmente, esse receio afeta quem está começando no meio digital. Essa insegurança acaba gerando alguns mitos sobre a ineficácia dos links patrocinados e Mídia paga.

Diante disso, este artigo tem o objetivo de mostrar uma alternativa estratégica para não ficar dependendo de 100% de mídia paga para atrair visitantes para o seu site, explorando assim, outras formas de distribuição de conteúdo pela internet. Se você quer saber o que fazer para ir além da mídia paga, continue lendo!

A importância da mídia paga e a produção de conteúdos

Combinar mídia paga com Marketing de Conteúdo é uma boa estratégia para ser reconhecido rapidamente na internet. Isso porque é um investimento que ajuda a posicionar seu conteúdo entre as primeiras posições e gera resultados mais rápidos.

Também nas redes sociais, a mídia paga é importante para atrair a persona desejada. Ao usar o direcionamento das segmentações, aumentam as chances do seu conteúdo ser entregue para o público certo.

Isso gera brand awareness e engajamento, conforme sua publicação vai ganhando comentários e compartilhamentos. Além de, é claro, poder usar as redes sociais para captura de leads, como o Facebook Lead Ads.

Porém, segundo a Pirâmide de Chet Holmes, apresentado em seu livro The Ultimate Sales Machine, só 3% dos potenciais clientes de uma empresa estariam prontos para comprar no momento em que a mídia paga o impacta na internet. Os demais 97% estariam assim distribuídos:

Se um visitante que faz parte dos 97% acima chegar ao seu site e não encontrar conteúdos relevantes que vão ajudá-lo a avançar na jornada de compra até o momento de decisão, sua estratégia de mídia paga poderia ter sido mais eficaz. Nesse caso, o visitante vai embora e nem conseguimos capturar o seu contato e suas preferências para podermos nos relacionar com ele depois.

Por isso, é importante produzir conteúdo rico para ofertar em troca das informações dos visitantes que chegam até o seu site, permitindo construir sua própria audiência com o objetivo de fidelizar e criar um vínculo entre a empresa e o consumidor. Já imaginou se uma empresa depender 100% de mídia paga para gerar tráfego para o seu site? Isso pode se tornar insustentável a longo prazo.

Alternativas à mídia paga – o que fazer para não depender apenas deste canal

Finalmente, se a dificuldade é aprovar verba para anúncios e agora você reconhece a importância da produção e distribuição de conteúdos, aqui deixo 15 sugestões para ajudá-los a divulgarem suas ofertas (diretas ou indiretas) pela internet.

  1. Use banners e links internos em todas as páginas do seu site convidando o visitante a baixar o seu material e ajudar na geração de leads.
  2. Crie uma biblioteca com os conteúdos ricos. Assim o visitante pode encontrar em um só lugar todas as Landing Pages que darão acesso aos materiais que vão ajudá-lo na jornada de compra. Quer um exemplo? Confira a página de materiais da Resultados Digitais.
  3. Use CTAs e pop-ups nas páginas do site/blog em que o conteúdo esteja relacionado com o conteúdo rico. Assim, damos a chance do visitante se aprofundar no tema e em troca capturamos as informações relevantes para usar no relacionamento.
  4. Além de postar na timeline da sua fanpage, poste também em grupos onde sua persona possa estar. Mas antes de postar, participe ativamente dos grupos sempre ajudando e trocando experiências. Assim, você evita fazer panfletagem nesse canal.
  5. Também é válido fixar o post na timeline para impactar os visitantes que entram na sua fanpage.
  6. Altere a foto da capa para divulgar o novo conteúdo rico.
  7. Altere a foto do post e faça-o novamente em datas alternadas durante o mês.
  8. Crie uma hashtag para a campanha. Isso pode atrair novos (e curiosos) visitantes.
  9. Caso tenha, utilize listas de transmissão no WhatsApp para distribuir os links das suas Landing Pages.
  10. Aqui na RD damos um “grito no escritório”. Não literalmente, claro. A ideia é pedir para todos os colaboradores compartilharem o novo conteúdo rico para seus contatos, seja por email ou nas redes sociais. Dependendo do tamanho da sua empresa, você pode alcançar um bom resultado.
  11. Enviar uma campanha de Email Marketing para a base. Antes, faça a segmentação e veja se nessa lista as pessoas se incluem no modelo de persona para quem você produziu o conteúdo rico.
  12. Você também pode incluir o endereço da Landing Page na assinatura do seu email, para impactar as pessoas com quem troca mensagens.
  13. Faça parcerias com outras empresas que possuem produtos/serviços complementares aos da sua. Divulgando sua oferta em outros blogs, você vai adquirir uma nova audiência, além de aumentar o número de visitantes vindos de outros meios para o seu site.
  14. Se você usa faturas impressas, malas diretas, flyers, etc., ,pode aproveitar essas mídias e acrescentar um QR code ou mesmo o endereço de uma Landing Page em que está o seu conteúdo rico.
  15. Use seu smartphone ou tablet com uma Landing Page para cadastros e distribuição de brindes. Assim, já é possível capturar Leads e até automatizar um e-mail de agradecimento pela visita ao estande.

E uma dica extra: descubra quais são as métricas mais importantes a serem reportadas e faça um relatório que prove o valor do Marketing Digital. Isso pode te ajudar a aprovar o investimento para mídia paga.

Fonte: Resultados Digitais 
Por 

Vamos conversar?


Voltar para todas as postagens